Macaé prospecta parceria internacional de negócios

O novo marco na trajetória de desenvolvimento, pautado por três estratégias principais: a instalação do Parque Térmico Sudeste, a revitalização dos campos maduros e a expansão da infraestrutura em logística a partir da construção do Tepor, colocam Macaé na vitrine internacional de negócios.E novas parcerias prospectadas pela iniciativa privada, com a intervenção e apoio do governo municipal, criam também oportunidades de negócios para empresas locais, com boas chances de geração de empregos em diversos setores.

Essa dinâmica pautou o encontro realizado nesta quarta-feira (15), entre o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Rodrigo Vianna, e o presidente da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro, Rodolfo Teichner, no evento realizado na Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM).

“A Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio tem como objetivo aproximar culturas. A Itália e o Brasil são nações bem próximas e que compartilham estratégias de retomada econômica. A Itália vende tecnologia e infraestrutura e mapeamos negócios e cooperações com empresas brasileiras. E Macaé possui uma cadeia de empresas fortes, com potencial para participar desse processo”, destacou Rodolfo.

O potencial de Macaé em se tornar a nova “Cidade Energia” também foi destacado na apresentação realizada pelo Secretário de Desenvolvimento para os empresários locais.

“Macaé tem em torno de US$ 30 bilhões em investimentos a partir de uma estratégia definida pela iniciativa privada, com total suporte e aproximação com o governo municipal. E o nosso trabalho é promover ações que possam devolver a nossa cidade, e principalmente para a nossa população, oportunidades de negócios e de emprego”, afirmou Rodrigo.

Os representantes da ACIM também ressaltaram a importância do diálogo como estratégia de promover parcerias e negócios na cidade. “A nossa referência é promover negócios, através de parcerias que gerem oportunidades e emprego para a população”, destacou o diretor da ACIM, Evandro Cunha.

Participaram também do encontro representantes da Rede-Petro Bacia de Campos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *