Parque Montanhas de Teresópolis completa uma década e celebra com atividades gratuitas

Considerado a maior unidade de conservação de proteção integral criada por um município fluminense, o Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis, completa uma década de existência neste mês de julho, quando é comemorado o aniversário da cidade.

E para comemorar, haverá algumas atividades gratuitas, na sede Santa Rita do Parque, neste final de semana. No sábado, 20, será lançado um selo comemorativo e o livro “Montanhas de Teresópolis – Parque Municipal 10 anos”. Já no domingo, 21, a unidade de conservação terá programação especial para marcar a participação do município no movimento nacional “Um dia no parque”.

O parque fica localizado na estrada Fazenda Alpina, s/nº, em Santa Rita. O acesso à localidade do 2º Distrito é feito na altura do km 74 da BR-116 (Estrada Rio-Bahia).

Confira a programação:

Sábado

O lançamento do selo comemorativo e do livro “Montanhas de Teresópolis – Parque Municipal 10 anos” será neste sábado, às 10h, na sede Santa Rita, no 2º Distrito. A edição colorida conta com a colaboração dos visitantes. Atendendo pedido da Secretaria de Meio Ambiente, vários frequentadores enviaram imagens e depoimentos, que podem ser conferidos no capítulo intitulado “Mural do visitante”.

Domingo

Uma série de atividades gratuitas no domingo marca a participação de Teresópolis na campanha nacional “Um dia no parque”. O movimento tem o objetivo de mostrar às pessoas que, perto delas, provavelmente há uma Unidade de Conservação (UC) e que ali é possível praticar diferentes atividades, tanto sozinho como em grupo.

Atividades ao ar livre para adultos, jovens e crianças, trilha guiada, muro de escalada, slackline, exposições, material de montanha e comidas locais estão na programação, das 9h às 14h.

Haverá ainda palestras sobre os temas “Singularidades da Pedra da Tartaruga”, com Diogo Marassi, e “Quero escalar”, com Thiago Bessa.

A oficina “Organização de mochila e equipamentos de escalada” será ministrada por Amarildo Chermont.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *